terça-feira, 19 de abril de 2011

A Floresta é nossa!!!




Caros,
A Lei Florestal está ameaçada pela bancada da moto-serra.
É contrabando de madeira e pilhagem de carvão vegetal siderúrgico que não acaba.
É invasão de terras públicas e indígenas com escrituras griladas, muitas vezes cadáveres.
É a burrice da monocultura transgênica saturada de agro-venenos para exportar com prejuízo.
São 200 Milhões Hectare de pasto sub-utilizado com a ridícula quantia de Um Boi por Ha. Quase 1/4 do País.
Se dobramos a produtividade, liberamos 60MHa para dobrar a Agricultura e 40MHa para repor a Mata Nativa.
Não Falta Terra Para Plantar Alimentos, nem para Agro-Indústria inteligente. Sobram sim pastos improdutivos.
Exceto casos pontuais de uso urbano, mineração, energético, não é necessário desmatar mais.
Latifundiários e maus agronegociantes se furtam a Cadastrar as Terras e Averbar a Reserva Legal.
Queremos na Internet o Cadastro Geo-Referido dos imóveis, sem parcelar, de imediato os maiores de 100 Ha.


A Lavoura Familiar necessita e quer apoio técnico e financeiro para Plantar Comida e Restaurar Floresta.
Agricultores Familiares fazem Lavoura de Alimentos em 1/5 da terra e produzem 4/5 do cardápio brasileiro.
Agro-negociantes ficam com a maioria do crédito, isenção fiscal ao exportar, e fogem de plantar comida.
São quase R$ 10 Bilhões de Multas Ambientais e quase R$ 100 Bilhões de dívida financeira à beira do calote.
Mais que a soma dos orçamentos anuais de Educação e Saúde, poderíamos restaurar as Florestas destruídas.
O Executivo aplicou a Lei Florestal em 2008 e conteve o desmatamento, se acerca a cobrança das sanções.
No afogadilho dos endividados, os latifundiários e agro-negociantes tentam desmanchar a Lei e cavar anistia.
Usam os agricultores miúdos como desculpa para derrubar a Lei, depois enxotam para as periferias urbanas.
Dizem aos pobres urbanos, menos de 1% do território, para se "regularizar" nos morros e várzeas precários.
O que a gente quer é moradia urbana digna, com transporte popular e educação pública de qualidade.


A crise Ambiental e Energética é mundial. É o conflito do passado com o Século XXI.
Energia Fóssil de Carvão e Petróleo está pela hora da morte, querem agora a terra, água e ar, sol e floresta.
Não podemos vacilar e dar mole para os especuladores internacionais de Recursos Naturais escassos.
Queremos é Soberania Alimentar e Energética com Justiça Social e Respeito Ambiental.
O Petróleo é Nosso, a Floresta é da Gente.


Basta de matança de fiscal, freira, posseiro, indígena, quilombola, ambientalista e sem-terra.
Basta de exportar na bacia-das-almas nossos Recursos Naturais.
Basta de catástrofes ambientais em áreas urbanas de risco.
Basta de devastação Florestal.


Unir o Povo e a Natureza é o melhor do Brasil.
Desmatamento Zero !


O Código Florestal brasileiro está ameaçado e com ele centenas de milhares de hectares matas nativas no Brasil.
Se os deputados aprovarem as mudanças do Relato AldoRebelo, ficaremos muito mais vulneráveis a catástrofes, os desmatadores serão anistiados e perderemos mais florestas e fauna.


Divulgue a defesa do Código Florestal Brasileiro. Peça aos amigos e familiares para assinarem a petição, divulgue o link: Floresta de Todos

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Creative Commons License
Ecobservatório by João Malavolta is licensed under a Creative Commons.
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More