terça-feira, 3 de julho de 2007

Ministros querem acordo Pós-Kyoto definido na COP-13, em Bali

Por: Sabrina Domingos

A 13ª Conferência do Clima das Nações Unidas, que será realizada em Bali, na Indonésia, em dezembro, deverá ser usada para estabelecer um calendário e um compromisso com medidas concretas para o acordo que substituirá o Protocolo de Kyoto – foi o que acordaram ministros e altos funcionários do Meio Ambientes de 28 países reunidos esta semana na Suécia para conversas informais.

Como a primeira fase de Kyoto expira em 2012, as autoridades planejam obter até 2009 um acordo para substituição de atual tratado. O primeiro ministro sueco, Andreas Carlgren, disse que os representantes concordaram que as nações ricas devem liderar a luta contra as mudanças climáticas e encorajar os países mais pobres a adotarem metas voluntárias alcançáveis.

“Nós devemos criar estímulos para uma estratégia climática futura de modo que os países em desenvolvimento tenham condições de mensurar e relatar cortes de emissões”, acrescentou durante a reunião.

Em relação ao encontro de ministros, Carlgren afirmou: “Fizemos importantes progressos nos preparativos para Bali, estabelecendo uma plataforma de negociações que contenham elementos do novo acordo”.

Os sete países mais ricos do mundo e a Rússia se prontificaram no início deste mês, durante a reunião do G8, a pensar seriamente na realização de cortes substanciais de emissões (reduzir em 50% até 2050, foi o proposto pela Alemanha) e a trabalhar para o estabelecimento de um novo acordo até 2009.

O Protocolo de Kyoto obriga 35 nações ricas a cortar as emissões de gases causadores do efeito estufa em 5,2% abaixo dos níveis de 1990 entre 2008 e 2012. A conferência da ONU em Bali será o primeiro passo para acordo que sucederá Kyoto, consentem as autoridades.

A reunião realizada esta semana na Suécia contou com a participação de 28 países, entre eles, Brasil, Austrália, Argentina, China, Dinamarca, França, Alemanha, Índia, Indonésia, Japão, México, Holanda, Portugal, África do Sul, Grã-Bretanha e Estados Unidos. Os representantes discutiram a adoção de medidas de correção por todos os países, a determinação de objetivos mais ambiciosos na redução de emissões, o desmatamento – que requer atenção urgente - e o desenvolvimento de novas tecnologias.

Esta foi a terceira reunião informal deste tipo realizada desde 2005. As anteriores ocorreram na Groenlândia e na África do Sul. A próxima deverá ser sediada pela Argentina, em 2008.

Fonte: CarbonoBrasil, com agências internacionais

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Creative Commons License
Ecobservatório by João Malavolta is licensed under a Creative Commons.
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More