quarta-feira, 2 de abril de 2008

Após uma sucessão de fracassos, III Conferência Estadual de Meio Ambiente de São Paulo é marcada por boicotes e suspeita de fraude

Por: http://www.orionbeta3.blogspot.com

Depois de muitos erros, desinformação e em completa desorganização, a III CEMA/SP acabou fraudada. Segundo o consultor do PNUD, Marcos Cruz, coordenador da Conferência, “representantes sem crachá votaram, caracterizando má-fé e fraude”, além disso, as votações das conferências macrorregionais não foram validadas.

A comunicação foi o início do fracasso geral da Conferência. Auto proclamado coordenador de comunicação da CEMA/SP, Fernando Papa foi desautorizado, já que sua posição era de Coordenador do GT de Comunicação.

De fato, Papa não parecia interessado em se comunicar e desfazer sucessivos erros nessa área quando solicitado pelo Órion. O resultado dessa situação segundo Marcos Cruz foi que a “Comunicação da III Conferência Estadual do Meio Ambiente foi prejudicada. Dos 601 possíveis delegados, (a previsão era de receber 435) apenas 220 compareceram entre os dias 28 e 29 e na plenária final, 120 estavam presentes, o que representava 20% de delegados para elegerem 76 delegados para a Conferência Nacional.”

O clima da Conferência já denunciava as dificuldades. Em determinado momento a polícia foi aventada como opção para conter um delegado que não conseguiu se inscrever como tal e exigia esse direito. Num segundo momento, um delegado propôs a suspensão da Conferência. Era nítido que os processos de votação eram feitos sem rigor.

Apoio político
O governo do Estado teve posição ambígua na Conferência. Não se retirou como na II CEMA/SP, porém não incentivou, muito pelo contrário, atrapalhou ao colaborar com a desinformação geral mantendo mensagem no site da Secretaria de Meio Ambiente dizendo que a Conferência aconteceria na ESALQ em Piracicaba.

O município de São Paulo, a princípio, deu força para a III CEMA/SP. Na Conferência da capital estavam presentes o prefeito Kassab e o secretario de Meio Ambiente Eduardo Jorge. O evento ocorreu da Federação do Comércio (Fecomércio) e foi bem organizado e divulgado. No entanto, ao contrário da indicação dada nessa Conferência, a prefeitura não se pronunciou nem enviou representantes à III CEMA/SP.

3 comentários:

Bom está certo que foi muito mal planejado, muita bagunça ao se pronunciarem
todos de uma vez só, mas a ponto de ter fraude?? interesses políticos
dava pra notar na nossa frente, foi mal dividida as questões das vagas
por UGRHI, mas acho que não a esse ponto de fraude na Conferência.
Pelo menos acredito que ainda acha um pouco de dignidade, democracia e
respeito nas pessoas que organizaram a Conferência.
O pior que ocorreu não foi só na organização mas também como os governantes não apoiaram e também como os delegados e todas as
pessoas presentes participaram e contribuiram para que a Conferência
fosse boa ou não.

o seu blog agora tem garantia... veja só: http://ambientetc.blogspot.com/2008/04/selo-de-garantia.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Creative Commons License
Ecobservatório by João Malavolta is licensed under a Creative Commons.
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More